“Quando nos matam duas vezes, a luta negra ressurge outras mil”, por Mário Augusto Medeiros da Silva (Unicamp)

Marielle
Foto: Gabriel de Paiva / Agência O Globo

O Blog da BVPS tem o prazer de publicar hoje o texto “Quando nos matam duas vezes, a luta negra ressurge outras mil”, de Mário Augusto Medeiros da Silva, professor do departamento de Sociologia da Unicamp. Originalmente lido, com modificações, na seção Intersecting Feminisms do evento Black Feminisms across the Americas: A Tribute to Political Activist Marielle Franco, que teve lugar na Universidade de Princeton (EUA) no dias 14 e 15 de março de 2019, o texto faz um balanço reflexivo do seminário.

O evento, cuja programação completa pode ser vista aqui, foi organizado pelo Brazil Lab, uma iniciativa da Universidade de Princeton que congrega pesquisadores, professores e estudantes trabalhando sobre o Brasil ou interessados em temas para os quais o Brasil pode ser relevante. Co-dirigido por João Biehl e Pedro Meira Monteiro, o Brazil LAB (Luso-Afro-Brazilian Studies) funciona como um “hub” interdisciplinar de pesquisa e ensino, sediado pelo PIIRS (Princeton Institute for International and Regional Studies), em sinergia com diferentes departamentos, programas e outras iniciativas em Princeton, com o objetivo de explorar a história, a política, a cultura e a ciência do mundo lusófono, especialmente do Brasil, pensando em sua significação regional e em suas conexões internacionais.

Uma boa leitura!

Continuar lendo ““Quando nos matam duas vezes, a luta negra ressurge outras mil”, por Mário Augusto Medeiros da Silva (Unicamp)”

“Claudia Andujar e a história em círculos”, por Pedro Meira Monteiro (Princeton University)

IMG_0879
Fonte: Pedro Meira Monteiro

Caros (as),

O Blog da BVPS tem o prazer de publicar o artigo “Claudia Andujar e a História em Círculo” de Pedro Meira Monteiro. Pedro analisa com fina sensibilidade a abertura da exposição da obra de Claudia Andujar dedicada aos Yanomami no Instituo Moreira Sales/Rio de Janeiro, com curadoria de Thyago Nogueira.
Pedro Meira Monteiro é professor titular na Princeton University, onde co-dirije o BrazilLAB e o Departament of Spanish and Portuguese.

Boa Leitura!

Continuar lendo ““Claudia Andujar e a história em círculos”, por Pedro Meira Monteiro (Princeton University)”

Lançamento do livro “Onde é que eu estou? Heloisa Buarque de Hollanda 8.0”

convite_festa_helo_80_v2

“Tenho uma agonia de fazer junto, porque eu não acho graça em acumulação proprietária de saber, em ser especialista. Meus objetos de pesquisa foram o mesmo o tempo todo, ‘Que momento é esse que estou vivendo? Onde é que eu estou?’. Preciso desses espaços livres de grandes regras para sair da bolha e tentar chegar no outro” (Heloisa Buarque de Hollanda)

O Blog da BVPS convida para o lançamento do livro “Onde é que eu estou? Heloisa Buarque de Hollanda 8.0” organizado por André Botelho, Cristiane Costa, Eduardo Coelho e Ilana Strozenberg.  A sinopse do livro segue abaixo:

Continuar lendo “Lançamento do livro “Onde é que eu estou? Heloisa Buarque de Hollanda 8.0””

20 anos de “Sobrevivendo no inferno” – Entrevista com Acauam Oliveira (UPE), parte 2

racionais_sobrevivendo no inferno
Foto Klaus Mitteldorf/Divulgação

Publicamos hoje a segunda parte da entrevista inédita com Acauam Oliveira, realizada pelo coordenador da seção “Interpretações do Brasil e musicalidades” do Blog da BVPS, Pedro Cazes. Oliveira, doutor em Literatura Brasileira pela USP e professor da Universidade de Pernambuco (UPE), escreveu a introdução ao livro Sobrevivendo no Inferno (Companhia das Letras), publicado ano passado, e que traz todas as letras do disco homônimo dos Racionais MC’s . Para ler a primeira parte da entrevista, clique aqui.

Continuar lendo “20 anos de “Sobrevivendo no inferno” – Entrevista com Acauam Oliveira (UPE), parte 2”

20 anos de “Sobrevivendo no inferno” – Entrevista com Acauam Oliveira (UPE), parte 1

Sobrevivendo no inferno
Capa do livro Sobrevivendo no inferno, Companhia das Letras

Retomando os trabalhos da coluna “Interpretações do Brasil e musicalidades”, publicamos entrevista inédita com Acauam Oliveira, Doutor em Literatura Brasileira pela USP e professor da Universidade de Pernambuco (UPE). Oliveira escreveu a introdução do livro Sobrevivendo no Inferno (Companhia das Letras), publicado ano passado, que traz todas as letras do disco homônimo dos Racionais MC’s, cujo aniversário de 20 anos do lançamento era então celebrado. Ele tem se destacado na crítica musical e cultural, especialmente sobre a canção brasileira contemporânea e suas movimentações recentes. Em conversa com Pedro Cazes (coordenador da coluna), ele fala sobre os significados da publicação do livro, o lugar do rap e da produção periférica no cenário nacional e sobre a estética dos Racionais MC’s, construída ao longo de três décadas de carreira. Dividimos em duas partes, pois a conversa rendeu! Boa leitura.

Continuar lendo “20 anos de “Sobrevivendo no inferno” – Entrevista com Acauam Oliveira (UPE), parte 1”

As “interpretações do Brasil” ajudam a pensar o ciclo político que vivemos?, por Leonardo Belinelli (USP)

Interpretações do Brasil e política
Foto de Marcel Gautherot (Retirada de https://aventurasnahistoria.uol.com.br/noticias/historia-hoje/em-imagens-a-construcao-de-brasilia.phtml)

Como espaço de discussão de pesquisas e ensaios na área de pensamento social e com o intuito de atingir públicos mais amplos, o Blog da BVPS inicia hoje uma série de posts que se propõe testar e calibrar a força das ideias das interpretações do Brasil. Ao lado da seção “Interpretações do Brasil e musicalidades“, a qual vocês já acompanham aqui sob a coordenação de Pedro Cazes (CPII e IESP/UERJ),  inauguramos hoje a seção “Interpretações do Brasil e política”, coordenada por Leonardo Belinelli (USP). A partir da produção cultural e dos eventos políticos, as seções têm em comum desvelar processos e dinâmicas do presente à luz das ideias de nossos intérpretes. Em breve, este projeto ganhará mais uma nova seção dedicada à poesia, sob a coordenação de Lucas Van Hombeeck (PPGSA/UFRJ).

Continuar lendo “As “interpretações do Brasil” ajudam a pensar o ciclo político que vivemos?, por Leonardo Belinelli (USP)”