Entrevista | Antonio Kuschnir fala sobre a exposição “Choro” no MAC Niterói

O Blog da BVPS publica hoje uma entrevista com o artista Antonio Kuschnir, que está em cartaz no Museu de Arte Contemporânea de Niterói (MAC) até 26 de junho com a exposição “Choro”. A entrevista foi conduzida pelo professor André Botelho (UFRJ) e pelo pesquisador Rennan Pimentel (UFRJ). A exposição reúne 73 telas de Antonio Kuschnir – artista mais jovem a ocupar o Salão Principal do MAC – e tem curadoria de Victor Valery.

Desenvolvida desde o início da pandemia, a série “Choro” é uma potente interpelação ao contemporâneo a partir de pinturas que tratam da pandemia, do julgamento no mundo digital e do uso excessivo das redes sociais, como gerador de ansiedade e insegurança aos seus usuários. Cores fortes, formas exuberantes, temas dolorosos. O artista provoca, assim, uma reflexão sobre arte, política e padrões sociais de comunicação, expondo feridas e dores para questionar o status quo na sociedade atual. Nascido no Rio de Janeiro em 2001, Antonio Kuschnir iniciou sua carreira na pintura aos seis anos, na Escola de Artes Visuais do Parque Lage, onde fez sua primeira exposição coletiva. Obteve 1º lugar em História da Arte na UERJ e em Pintura na UFRJ, onde estuda, e realizou sua primeira exposição solo em 2019, na Galeria Macunaíma. Ao longo de 2020-21 realizou exposições coletivas e elaborou a série “Choro”.

Não deixe de nos seguir no Instagram.

Boa leitura!

Continue lendo “Entrevista | Antonio Kuschnir fala sobre a exposição “Choro” no MAC Niterói”