A educação pela prática da linguagem: uma chance pedagógico-filológica na poesia de João Cabral de Melo Neto e na filosofia de Paulo Freire, por Rafael Zacca (UFRJ)

Educação pela pedra

O Blog da BVPS inicia hoje mais uma seção, “Interpretações do Brasil e poéticas”, com curadoria de Lucas van Hombeeck, mestrando do Programa de Pós-graduação em Sociologia e Antropologia da UFRJ. O post de hoje traz uma breve apresentação da coluna, feita pelo organizador, e também o primeiro texto, “A educação pela prática da linguagem: uma chance pedagógico-filológica na poesia de João Cabral de Melo Neto e na filosofia de Paulo Freire”, escrito por Rafael Zacca, poeta, crítico literário e professor de teoria literária na UFRJ.

Lembramos aos leitores do Blog que “Interpretações do Brasil e poéticas” é nossa quarta coluna, ao lado de “Interpretações do Brasil e política”, coordenada por Leonardo Belinelli (USP), “Interpretações do Brasil e musicalidades”, sob a coordenação de Pedro Cazes (CPII e IESP/UERJ) e “Arte e sociedade”, com curadoria de Sabrina Parracho Sant’Anna (UFRRJ).

Aproveitamos para também recomendar que sigam nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/blogBVPS/

Uma boa leitura!

Continuar lendo “A educação pela prática da linguagem: uma chance pedagógico-filológica na poesia de João Cabral de Melo Neto e na filosofia de Paulo Freire, por Rafael Zacca (UFRJ)”