Notas sobre um livro esquecido de Walter Benjamin (em um instante de perigo), por Andre Bittencourt

No post de hoje, em homenagem aos oitenta anos da morte de Walter Benjamin (1892-1940), o editor do Blog da BVPS Andre Bittencourt escreve sobre um livro esquecido do filósofo. Sem tradução no Brasil, Deutsche Menschen (1936) convida o olhar para a importância da tarefa de construção da memória, não como nostalgia mas como antecipação; como possibilidade de criar novos começos e esperanças em que se tecem passado, presente e futuro diante da emergência. O livro, composto de cartas escritas entre personagens alemães de todos os tipos, desempenha o papel de arrancar a tradição ao conformismo diante do dilúvio que transforma a cultura em ideologia e tenta separa-la de seu potencial de revolta.

Para acompanhar nossas atualizações, sigam o blog no Instagram e no Facebook.

Boa leitura!

Continue lendo “Notas sobre um livro esquecido de Walter Benjamin (em um instante de perigo), por Andre Bittencourt”

Literaturas brasileiras à margem no mundo afro-atlântico, por Maurício Acuña

acuña

No post de hoje, o antropólogo Maurício Acuña (USP e Princeton University) escreve sobre a presença e as ausências da delegação brasileira no Primeiro Festival Mundial de Artes Negras (FESMAN), ocorrido em Dacar em 1966. Por que, afinal, o embaixador do Senegal no Brasil, Henri Senghor, teve que escrever a seus superiores meses antes do evento que “No âmbito da literatura, o Brasil não ser[ia] representado”? Neste texto, o autor levanta hipóteses relativas ao contexto político e à história da definição do conceito de literatura afro-brasileira ou negra no Brasil; além de reconstruir o debate ocorrido na época em torno dessa ausência e refletir sobre a performance da delegação organizada pelo Itamaraty.

Assine o blog para receber as atualizações, curta nossa página no Facebook e siga o nosso novo perfil no Instagram.

Boa leitura!

Continue lendo “Literaturas brasileiras à margem no mundo afro-atlântico, por Maurício Acuña”

Bacurau não é para principiantes, por Glaucia Villas Bôas (UFRJ)

Bacurau - Placa

O Blog da BVPS publica hoje artigo de Glaucia Villas Bôas, professora titular da Universidade Federal do Rio de Janeiro e integrante do Programa de Pós-graduação em Sociologia e Antropologia da mesma instituição. O texto traz uma original e instigante contribuição ao debate sobre o filme Bacurau, de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, situando-o em questões do tempo presente e no diálogo com o pensamento social brasileiro, especialmente a obra de Maria Isaura Pereira de Queiroz.

Uma boa leitura!

Continue lendo “Bacurau não é para principiantes, por Glaucia Villas Bôas (UFRJ)”

“Tempo de ciências sociais”, por Glaucia Villas Bôas e André Botelho (UFRJ)

20100203_1971_1.JPG

O Blog da BVPS traz hoje o artigo “Tempo de ciências sociais”, escrito por Glaucia Villas Bôas e André Botelho, professores do Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Antropologia da UFRJ (PPGSA), e publicado originalmente em O Globo. O artigo faz um balanço da exitosa e importante trajetória de 80 anos do curso de Ciências Sociais da Universidade Federal do Rio de Janeiro, lembrando de seus pioneiros e de suas conquistas recentes, como a criação do curso de Licenciatura em Ciências Sociais, que ampliou significativamente as oportunidades de acesso à universidade pública.

A BVPS deseja um longo percurso futuro para o curso e uma boa leitura a todas e a todos!

 

Continue lendo ““Tempo de ciências sociais”, por Glaucia Villas Bôas e André Botelho (UFRJ)”

“35 ensaios de Silviano Santiago”. Entrevista com Italo Moriconi (UERJ)

35 Ensaios

O Blog da BVPS tem o prazer de trazer hoje uma entrevista inédita com Italo Moriconi, professor do Departamento de Letras da UERJ e organizador do livro 35 ensaios de Silviano Santiago (Companhia das Letras).

O livro será lançado no dia 4 de setembro, na Livraria da Travessa do Shopping Leblon, às 19h30. Clicando aqui você pode ver o folder do evento, que terá um bate-papo sobre “O ensaio literário” mediado por Italo Moriconi e com os professores André Botelho, Celia Pedrosa, Denilson Lopes e Eneida Cunha Leal, além de sessão de autógrafos com Silviano Santiago. No mesmo link ainda está disponível o índice e a introdução do livro, assinada pelo organizador.

Na entrevista abaixo, feita via e-mail por Andre Bittencourt (UFRRJ e co-editor do Blog da BVPS), Italo conta um pouco sobre como foi o processo de seleção dos artigos que compõem o livro, discute o lugar do ensaísmo de Silviano Santiago na tradição crítica brasileira e sugere alguns significados contemporâneos da obra.

Uma boa leitura!

Continue lendo ““35 ensaios de Silviano Santiago”. Entrevista com Italo Moriconi (UERJ)”

“Quando nos matam duas vezes, a luta negra ressurge outras mil”, por Mário Augusto Medeiros da Silva (Unicamp)

Marielle
Foto: Gabriel de Paiva / Agência O Globo

O Blog da BVPS tem o prazer de publicar hoje o texto “Quando nos matam duas vezes, a luta negra ressurge outras mil”, de Mário Augusto Medeiros da Silva, professor do departamento de Sociologia da Unicamp. Originalmente lido, com modificações, na seção Intersecting Feminisms do evento Black Feminisms across the Americas: A Tribute to Political Activist Marielle Franco, que teve lugar na Universidade de Princeton (EUA) no dias 14 e 15 de março de 2019, o texto faz um balanço reflexivo do seminário.

O evento, cuja programação completa pode ser vista aqui, foi organizado pelo Brazil Lab, uma iniciativa da Universidade de Princeton que congrega pesquisadores, professores e estudantes trabalhando sobre o Brasil ou interessados em temas para os quais o Brasil pode ser relevante. Co-dirigido por João Biehl e Pedro Meira Monteiro, o Brazil LAB (Luso-Afro-Brazilian Studies) funciona como um “hub” interdisciplinar de pesquisa e ensino, sediado pelo PIIRS (Princeton Institute for International and Regional Studies), em sinergia com diferentes departamentos, programas e outras iniciativas em Princeton, com o objetivo de explorar a história, a política, a cultura e a ciência do mundo lusófono, especialmente do Brasil, pensando em sua significação regional e em suas conexões internacionais.

Uma boa leitura!

Continue lendo ““Quando nos matam duas vezes, a luta negra ressurge outras mil”, por Mário Augusto Medeiros da Silva (Unicamp)”

“Claudia Andujar e a história em círculos”, por Pedro Meira Monteiro (Princeton University)

IMG_0879
Fonte: Pedro Meira Monteiro

Caros (as),

O Blog da BVPS tem o prazer de publicar o artigo “Claudia Andujar e a História em Círculo” de Pedro Meira Monteiro. Pedro analisa com fina sensibilidade a abertura da exposição da obra de Claudia Andujar dedicada aos Yanomami no Instituo Moreira Sales/Rio de Janeiro, com curadoria de Thyago Nogueira.

Pedro Meira Monteiro é professor titular na Princeton University, onde co-dirije o BrazilLAB e o Departament of Spanish and Portuguese.

Boa Leitura!

Continue lendo ““Claudia Andujar e a história em círculos”, por Pedro Meira Monteiro (Princeton University)”